Manhã de Formação ICJA

Manhã de Formação ICJA

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Dinâmica: Segura... Não deixa cair!




Objetivo: Mostrar a importância de ter alguém que segure e dê apoio num momento em que tudo parece que vai desmoronar, cair. 



Formar um círculo com os catequizandos: distribuir para cada um uma papeleta em que esteja escrito um dos "males" (doenças), relacionados abaixo. Pedir para não contarem uns aos outros o que está escrito no papel. A papeleta 'gripe' deve ser repetida cinco ou mais vezes, dependendo do número de participantes (colocá-la para um terço das pessoas).

- Os participantes engancham os braços uns nos outros, formando uma espécie de corrente, evitando que alguém caia. 
- No meio do círculo fica o "doutor", a pessoa que vai conduzir a brincadeira. O "médico" lê um dos diagnósticos (sugestões abaixo). A pessoa que estiver com a "doença" correspondente amolece o corpo para cair, como se fosse um desmaio. As duas pessoas que estão ao seu lado, a seguram para não deixá- la cair. Se a pessoa cair, ela morre... 
- Depois de ser amparada, a pessoa 'doente' volta o corpo ao normal. Assim o médico vai lendo os diagnósticos até chegar a doenças de maior incidência, por exemplo, a gripe ou a dengue. Como há várias pessoas com esta "doença", muita gente vai "cair" ao mesmo tempo e o círculo vai se desmantelar. Torna-se difícil segurar, portanto é preciso envolver mais pessoas, organizar toda a sociedade. Ao final, estabelecer uma ligação entre o que ocorreu no círculo com o que está acontecendo com a saúde pública. 
- Após a execução da dinâmica, deixar que os participantes falem sobre o que sentiram. 
- Como se sentiram ao serem taxados de "doentes"? Como viram a doença que cada um recebeu? 
- Comentar da importância de ter alguém que segure e dê apoio num momento em que tudo parece que vai desmoronar, cair. 
- Como foi estar atento ao outro, cuidar do problema do outro? 
- Como é a dificuldade de apoiar, quando há grande o número de doentes? Salientar a importância da prevenção, de não deixar a doença se espalhar, dos cuidados com o corpo e o ambiente. 
- Concluir falando da importância da presença, da solidariedade, da compaixão junto àqueles que sofrem.

DOENÇAS: 
Gripe, doenças do pulmão, dengue, hipertensão, diabetes, problemas renais, anemia, obesidade, colesterol alto, dependência química (drogas), alergia, dores de ouvido e cabeça, gengivite, cáries e placas nos dentes. 
(Podem ser acrescentadas outras doenças com os respectivos diagnósticos). 

DIAGNÓSTICOS: 
- Exposição ao ar frio (mudanças climáticas) e contato com pessoas doentes, não lavar as mãos. (gripe)
- Poluição do ar contato com fumantes ou fumar. (doenças do pulmão) 
- Falta de cuidado com os quintais e os vãos de plantas, deixando água parada. Falta de higiene. (dengue) 
- A pessoa não cuida da alimentação, ingere alimentos gordurosos e não saudáveis, não pratica exercícios físicos. (hipertensão) 
- Há pessoas diabéticas em sua família, mas a pessoa nunca fez exames preventivos. Não se alimenta com alimentos saudáveis. Consome doces em excesso. (diabetes) 
- A pessoa não toma água várias vezes ao dia. Não cuida da alimentação. Ingere muito sal. (problemas renais) 
- Faltam em sua alimentação frutas, verduras e outros alimentos saudáveis. (anemia) 
- Consome alimentos muito calóricos, tipo salgadinhos (chips), refrigerante. Não faz exercícios físicos. (obesidade) 
- Não se alimenta corretamente, abusa de alimentos gordurosos e de doces. (colesterol alto) 
- A pessoa deixou-se levar por falsos amigos e acabou experimentando drogas. (dependência química) 
- A pessoa se expõe ao ar poluído. Freqüenta ambientes poluídos, sujos, com muita poeira. Consome alimentos contaminados. Não cuida devidamente da higiene pessoa. (alergia) 
- A pessoa ouve música em volume demasiadamente alto, freqüenta ambientes com poluição sonora. (dores de ouvido e de cabeça) 
- A pessoa não escova os dentes. Consome doces exageradamente, sem fazer a adequada higiene
bucal. (gengivite, placas bacterianas, cárie)

Extraído do Subsídio Catequético da CF2012


segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Curso para Introdutores





Extensivo a coordenadores, agentes do batismo, crisma e catequese e especialmente os que vão exercer a função de introdutores em todos os vicariatos.

Vamos rever alguns pontos, aprofundar outros e trocar experiências com aqueles que já trabalham com a estrutura do catecumenato. Traga suas dúvidas e sugestões!

Local: Paróquia de Santo Antônio
Estrada do Quitungo, 1.265 – Braz de Pina
Telefone: 3391-0292
Data: 10/03/2012
Horário: 8h às 12h
Trazer uma bebida e uma guloseima para partilhar
Mais informações: 2292-3132, ramais 442 e 445 ou pelos e-mails: catequeserj@arquidiocese.org.br e janferreira_35@hotmail.com (coordenadora vicarial)


quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Escolas de Fé e Catequese

Escolas de Fé e Catequese Mater Ecclesiae e Luz e Vida
Sede: Rua Benjamin Contant, 23 – 3º andar – Glória. Tel. 2242-4552 / 2292-3132 r. 314

A PORTA DA FÉ (cf. At 14, 27), que introduz na vida de comunhão com Deus e permite a entrada na sua Igreja, está sempre aberta para nós. É possível cruzar este limiar, quando a Palavra de Deus é anunciada e o coração se deixa plasmar pela graça que transforma. Atravessar esta porta implica embrenhar-se num caminho que dura a vida inteira... Enquanto, no passado, era possível reconhecer um tecido cultural unitário, amplamente compartilhado no seu apelo aos conteúdos da fé e aos valores por ela inspirados, hoje parece que já não é assim em grandes setores da sociedade devido a uma profunda crise de fé que atingiu muitas pessoas. (Carta Apostólica Porta Fidei 1.2)

Nossas Escolas de Fé estão de portas abertas para você, dar a razão da sua fé a todo aquele que pedir. Venha conhecer, aprofundar ou relembrar o conteúdo da nossa fé. Inscrições abertas. Endereços e telefones no site: http://www.materecclesiae.com.br/

Cursos especiais iniciando em março:
Bioética Pastoral
Serão abordados temas como: aborto, eutanásia, células tronco, o respeito à vida humana.
Núcleo Glória - quarta-feira 18h30 Tel. 2222-3444

Missiologia
Como ser discípulo e missionário no mundo de hoje. Percorrer as etapas mais importantes da história da evangelização e da reflexão missiológica. Apresentar exemplos concretos da práxis missionária atual e preparar para os desafios da inculturação e do diálogo do Cristianismo com outras religiões.
Núcleo Bento Ribeiro - quarta-feira 19h30 Tel. 3350-5126

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Formação para Catequistas




Atenção catequista! 

Fique atento e consulte os bairros que possuem o Curso Luz e Vida e/ou Mater Ecclesiae mais perto de você.  

É uma ótima oportunidade de aprofundamento na fé! 

Clique aqui e consulte a listagem.

Para demais informações, ligue para 2292-3132, ramal 314

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Conheça a Logo da JMJ 2013



Nesta quarta feira foi lançada a Logomarca oficial da Jornada Mundial da Juventude, JMJ Rio 2013. O setor da Juventude, em que a Iniciação Cristã está inserida, estava representada pelo catequista Valdir Moreira.

O evento aconteceu no Edifício João Paulo ll, na Glória, no auditório do 2ª andar que estava repleto, destacando a presença  de três cardeais, entre eles; o núncio apostólico no Brasil, D. Lourenzo Baldisseri e o presidente da CNBB e arcebispo de Aparecida do Norte, D. Raymundo Damasceno, assim como vários bispos brasileiros e estrangeiros, o nosso queridíssimo arcebispo D. Orani Tempesta, muitos padres de diversas paróquias, religiosos, seminaristas e autoridades civis, como o prefeito Eduardo Paes, o governador Sérgio Cabral e a secretária de segurança Marta Rocha.

O criador da logomarca foi o jovem Gustavo Huguenin de 25 anos, morador da cidade de Cantagalo, no estado do Rio de Janeiro. Muito emocionado, falou de seu enorme prazer em ser um jovem católico e participar ativamente de sua paróquia. A logo, disse ele, foi inspiração do Espírito Santo, pois ela mostra a cara de nossa cidade com a silhueta do Cristo Redentor e do Pão de Açúcar, a Baia de Guanabara e o verde das matas.  Segundo o Governador Sérgio Cabral, essa Logo marca vai estar estampada rapidamente em outros países do mundo todo.

Antes de encerrar o evento e dar a bênção final, D. Orani lembrou que já estão escritos 6 mil voluntários, embora a meta seja 60 mil, e lembrou ainda que mesmo a JMJ sendo um evento religioso, trará um experiência de convivência com muitas culturas diferentes.



Veja o conceito da Logo: