Manhã de Formação ICJA

Manhã de Formação ICJA

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

JMJ Cracóvia 2016: versão em português do hino oficial é lançada pela CNBB


Falta menos de um ano para a Jornada Mundial da Juventude em Cracóvia (JMJ 2016) e um dos momentos mais esperados pelos jovens do mundo inteiro é conhecer, nos meses que antecedem o evento, o hino oficial, inclusive as versões nos diversos idiomas.
     Nesta sexta-feira, 21 de agosto, em Aparecida (SP), durante o Encontro Nacional dos Responsáveis Adultos pela Evangelização da Juventude, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou a letra cifrada e a teologia do hino da JMJ em português

Ouça e cante o hino da JMJ!


A tradução e adaptação do polonês para o português ficou sob a responsabilidade dos padres Zezinho e Joãozinho e do jovem Jonas Rodrigues, da Diocese de Mogi das Cruzes (SP), após aprovação da CNBB para esta elaboração da versão em língua portuguesa.
Padre Joãozinho comenta que a tradução se manteve fiel ao polonês mas que há o “toque latino”: “A compaixão, aqui na América Latina, já foi traduzida em termos de ‘libertação’. Há aí uma ‘teologia da solidariedade’, que foi marcante na vida e magistério de João Paulo II e, agora, renasce, no magistério de Francisco, com o nome de ‘misericórdia’”, explica.
“Eu acho que, com essa canção, os jovens vão ter uma motivação muito grande para uma catequese do acolher o outro e esquecer um pouco de si”, enfatiza padre Zezinho ao se referir ao tema da JMJ – “Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia” (Mt5,7) – e que orienta, portanto, a letra do hino. Ainda segundo o sacerdote e grande nome da música católica no Brasil, esta será uma oportunidade da juventude olhar para aqueles que não tem nada, mas somente Deus para olhar por eles.
“Os jovens e as famílias vão ter que assumir essa compaixão porque, caso contrário, não haverá nenhuma política que possa mudar o mundo”, afirma.
Ao mencionar os países onde ocorrem grandes perseguições aos cristãos, padre Zezinho enfatiza ali um sinal de esperança: “Exatamente lá onde estão martirizando os cristãos e ‘cortando em pedaços’ é que o cristianismo vai renascer, justamente por causa da misericórdia”.
Padre Joãozinho orienta ainda que diferentes arranjos do hino podem ser feitos, de acordo com os ritmos próprios de cada região do país, contanto que não saia da essência. “Inculture esse hino, mas sem sair dessa questão da compaixão”, recomenda.
De Mogi das Cruzes para a universalidade da Igreja. Literalmente, está é a história da tradução em português do hino. Tudo começou quando, sem a menor pretensão de se tornar a versão oficial em língua portuguesa, Jonas aprendeu a cantar o hino em polonês, mesmo sem saber o idioma. Após isso, traduziu por conta própria apenas porque desejava fazer uma experiência com a letra e o tema da Jornada de 2016. Ele comenta que, no máximo, pensou em gravar no celular e enviar aos seus amigos e familiares. Por não saber o idioma da Polônia, contou com a ajuda de tradutores de internet e de uma versão em inglês feita por uma polonesa.
Ainda de forma despretensiosa, Jonas enviou a letra a padre Joãozinho, tendo em vista que o sacerdote foi o responsável por diversas traduções de hinos das JMJ. Foi aí que este respondeu que seriam necessárias ainda algumas modificações, pois uma tradução é algo complexo que requer não fugir da essência e métrica do original, mas, ao mesmo tempo, pode se adaptar à realidade local.  Em seguida, a tarefa foi enviar para aprovação da CNBB.
Jonas conta que sua primeira experiência com JMJ foi em Madri, no ano de 2011 e, na edição do Rio de Janeiro, em 2013, participou como voluntário. E o anseio de contribuir, de algum modo com a edição da Polônia, ainda ficou em seu coração: “A Jornada tem um significado muito grande para mim. Não tem como explicar o que é vivenciar uma JMJ. Só viver. E eu quis fazer meu algo a mais para 2016, mesmo sem imaginar que aconteceria tudo isso”.
De acordo com o assessor nacional da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB, padre Antonio Ramos do Prado, esta versão será a oficial para todos os países de língua portuguesa, conforme as orientações do Pontifício Conselho para os Leigos, o dicastério romano responsável pela organização geral das JMJ.

Gravação
No último dia 30 de julho, nos estúdios da Gravadora Paulinas/Comep, em São Paulo (SP) diversos nomes da música católica se reuniram para a gravação do hino em português. Padre Joãozinho foi o responsável pela produção artística e musical e Jonas, que também é cantor e atua na Paróquia Nossa Senhora do Carmo de Mogi das Cruzes, também participou cantando a versão oficial.

Confira a ficha técnica:
Cantores: Fátima Souza, Walmir Alencar (Adoração e Vida), Thiago Costa, Lucimare Nascimento, Milton Fortes, Jake Souza (Vida e Comunhão), Rodrigo Pires (Adoração e Vida), Jonas Rodrigues, Fr. Bruno André, scj, Fr. Otávio da Silva, scj, Fr. Márcio Arantes Jr, scj, Fr. Eduardo Pugliesi, scj, Fr. Henrique Nascimento, scj, Fr. Eduardo Fonseca, scj, Grupo Chamas, Marília Mello, Jô D’Melo (Vida e Comunhão), Jake Trevisan, Simone Medeiros, Grupo Ir ao Povo, Bruna Farias, Cidinha Moraes (Vida Reluz), Felipe Souza (Vida Reluz).

Produção artística e musical: Pe. Joãozinho, scj
Adaptação musical e teclados: Maestro Luiz A. Karam
Bateria e percussão: Juninho Freire
Baixo: Adriano Reis
Violão e guitarra: Maercio Lopes
Violino: Alexandre Pinatto e Matheus Pereira
Viola: Digão
Violoncelo: Rafael Frazzato


Assista também à explicação e ouça a música do hino com padre Zezinho e padre Joãozinho


sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Jovens se reúnem para rezar o terço na universidade

Tudo começou com uma inquietação. O grupo de amigos da cidade de João Pessoa (PB), queria trazer a fé para um ambiente que passava a maior parte do dia: na universidade. Decididos, eles criaram um grupo de reza do terço.
A iniciativa logo uniu outros jovens e tomou grande proporção, chegando a outras instituições de ensino. Atualmente, o “Terço Universitário”, que acontece uma vez por semana, já reúne vários universitários em outros campus e cidades, como Campina Grande e Guarabira, e no estado de Mato Grosso.
Segundo o idealizador da iniciativa, Eduardo Fox, o desejo de levar Jesus, por meio de Maria, impulsionou a esse desafio. “Os jovens obedecem ao chamado de Cristo em suas vidas de ir ao mundo e anunciar o evangelho a todas as criaturas, mostrando assim a todos a alegria que os impulsionam diariamente na caminhada cristã: pertencer por inteiro a Jesus Cristo”, conta.
Segundo ele, em meio à correria dos estudos, a oração se torna um momento de encontro com Cristo e a comunidade, reunindo pessoas de diferentes expressões da Igreja, que manifestam a mesma fé, mostrando a unidade e beleza da Igreja. “É um momento único, como um oásis em meio ao deserto, bebemos da água viva, que é Jesus”, destaca o jovem.

Fonte: http://www.jovensconectados.org.br/jovens-se-reunem-para-rezar-o-terco-na-universidade.html

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Jovens fazem missão em Paquetá

“Jesus na ilha” foi o tema da missão realizada no dia 2 de agosto, na Ilha de Paquetá, por mais de cem jovens ligados ao Ministério Jovem da Renovação Carismática Católica (RCC) da Arquidiocese do Rio.
“A presença de tantos jovens, repletos de fé e de esperança, fez com que nossa comunidade, num momento verdadeiro de graças, se sentisse reanimada, convocada a anunciar. Eles trouxeram para a ilha uma nova chama”, contou o padre Nixon Bezerra de Brito, da Paróquia Senhor Bom Jesus do Monte.
O envio dos jovens foi feito pelo Cardeal Orani João Tempesta, na sexta-feira, dia 31 de julho, na missa realizada na Igreja de São Roque, por ocasião da visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré.
“Coincidentemente nosso pastor veio com a imagem de Nossa Senhora de Nazaré fazer o envio desses jovens. Não foi nada programado por nós, mas certamente por Deus. Essa missão havia sido marcada ano passado, e quando, esse ano, foi marcada a visita da imagem peregrina à nossa paróquia, coincidiu de ser no mesmo fim de semana. Foi um verdadeiro encontro de graças”, afirmou o padre Nixon.

Arrastão de Jesus e atraso da barca
Antes da missa de encerramento da missão, os jovens fizeram o “Arrastão de Jesus”: foram às casas e ruas convidar pessoas para a missa campal, que ocorreu na Praça Pintor Pedro Bruno, de onde saem as barcas para a Praça XV. Uma das barcas em direção ao Rio, inclusive, saiu depois do horário previsto porque havia um número grande de pessoas que queriam comungar e pediram que o condutor esperasse.
“Durante a Jornada Mundial da Juventude Rio2013, o Papa Francisco já havia nos pedido para ir, sem medo, anunciar o Evangelho. Agora, viemos em missão a convite de nosso arcebispo porque a JMJ não foi só um momento, ela perdura”, ressaltou Maria Luiza da Silva Soares, da Paróquia Santo André, que também faz missões em sua paróquia.
Durante a missão, quer de porta em porta, ou nas ruas e praças, os jovens abordam as pessoas com a saudação ‘Jesus te ama’, e ainda, convidam para participar das missas e da vida da comunidade. “O criador da JMJ, Papa São João Paulo II nos convocou para que nós jovens fôssemos sentinelas; para anunciar o Cristo, o sol, o amanhecer”, explicou Júlio Cesar dos Santos Ribeiro, da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, na Glória.
Foto: Carlos Moioli 

Fonte: http://arqrio.org/noticias/detalhes/3451/jovens-fazem-missao-em-paqueta

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Reunião do segmento de Jovens e Adultos no Vicariato Santa Cruz

No último sábado, dia 8 de agosto, aconteceu a reunião do segmento de jovens a adultos da iniciação Cristã, no Vicariato Santa Cruz, o mais novo de nossa arquidiocese. O evento foi acolhido pela Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição em Santa Cruz, onde estiveram presentes coordenadores vicariais, forâneos e catequistas de diversos vicariatos da arquidiocese para conhecer a realidade e os desafios da evangelização e catequese de jovens e adultos no vicariato recém-criado. Na ocasião foi realizada a avaliação da participação do segmento de jovens e adultos na 4ª Expo Rio Catequese. Foram discutidas também as estratégias de ação para elaborar a agenda de eventos do segmento para 2016.
Esta foi o segundo de uma série de encontros itinerantes da coordenação diocesana da Iniciação Cristã de Jovens e Adultos iniciada em junho no vicariato Suburbano, e que pretende alcançar todos os vicariatos, para conhecer mais de perto as realidades e as atividades desenvolvidas pelos catequistas de jovens e adultos de nossa Arquidiocese. Nossa próxima parada será o vicariato Sul. Oportunamente serão divulgados data, local e horário. Aguardem.



terça-feira, 4 de agosto de 2015

Playlist inédita reúne melhores momentos do Papa no Brasil

No aniversário de dois anos da Jornada Mundial da Juventude do Rio de Janeiro, a Rádio Vaticano disponibiliza, por meio do canal no YouTube, uma playlist especial com a íntegra dos principais discursos do Papa Francisco no Brasil.
A JMJ 2013 foi a primeira viagem apostólica do pontificado de Francisco, entre 23 e 28 de julho. O Papa deixou o Rio de Janeiro somente uma vez para ir à Aparecida, para onde prometeu voltar em 2017.
A playlist é composta por 14 vídeos que mostram o primeiro discurso do Papa ao chegar ao País, a homilia na Basílica de Aparecida, a visita à comunidade de Varginha, o encontro com os jovens em Copacabana e outros momentos inesquecíveis da JMJ do Rio2013.

Clique para acessar


Foto: Observatório Romano 

Fonte: http://arqrio.org/noticias/detalhes/3423/playlist-inedita-reune-melhores-momentos-do-papa-no-brasil