Manhã de Formação ICJA

Manhã de Formação ICJA

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Beata Chiara Luce: um exemplo de santidade para muitos jovens

Na festa da beata Chiara Luce Badano, conheça mais sobre sua história e como ela tem influenciado a vida de milhares de jovens.

A vida da jovem beata italiana Chiara (Luce) Badano inspira milhares de jovens no mundo. Tendo sua memória litúrgica no dia 29 de outubro, data de seu nascimento, ela praticava esportes, gostava de viajar, fazer amigos, era amante das artes, dona de um sorriso doce, vontade de mudar o mundo e coração entregue a Jesus.
Membro do Movimento dos Focolares, Chiara estava sempre em oração e buscava encontrar “Jesus Abandonado” nos pobres, deficientes, drogados, nas pessoas que a sociedade deixava à margem e esquecia.
Aos 17 anos, durante uma partida de tênis, sentiu uma dor no ombro esquerdo, tão forte que não conseguiu segurar a raquete. Exames clínicos e internamentos revelam o triste diagnóstico: um câncer raro.
Conhecida a notícia e voltando para casa, pediu à mãe que não lhe fizesse perguntas. Passados 25 minutos de silêncio e entrega, venceu a graça: “Agora podes falar, mãe”, enquanto ao seu rosto volta o sorriso luminoso de sempre. Disse o seu sim a Jesus, e não mais voltou atrás.
Fruto dessa entrega, ela nunca desanimou perante a doença e sempre dizia “Se assim o queres, Jesus, também eu o quero”. Mesmo nos momentos de dor, acolhia e ouvia todos os que dela se aproximavam; fazia seus gestos de amor por Jesus Abandonado, embora houvesse fragilidade e o empecilho imposto pelo câncer.
Em 7 de outubro de 1990, aos 18 anos foi encontrar seu maior tesouro: Jesus Cristo. E aos jovens deixou uma mensagem de esperança e coragem: “Gostaria de lhes passar a chama como nas Olimpíadas, porque a vida é só uma e vale a pena gastá-la bem”.

Devoção
No Brasil, especialmente após a Jornada Mundial da Juventude Rio de Janeiro, na qual ela foi uma das intercessoras, a devoção à beata se espalhou. Um dos meios utilizados para disseminar a luz de Chiara foram as redes sociais. A capixaba Ilza Maria, conheceu a história de Chiara através do programa Revolução Jesus, em 2012, e logo depois leu sua biografia.
Naquele momento, a mãe passava pelo câncer e a história da jovem a ajudou caminhar com fé. “Muito do meu amadurecimento quanto à morte, sofrimento foi pela intercessão da Chiara. Quando minha mãe veio a falecer no ano seguinte, eu não sei como seria se eu não tivesse mergulhado profundamente na vida da Chiaretta, nisso, eu senti em meu coração a vontade de fazer uma fanpage, visto, que não havia uma página brasileira”, conta.
Para ela, a identificação dos jovens com a vida de Chiara se deve à sua coragem em enfrentar a doença, dando seu sim absoluto a Deus, testemunhando de que é possível ser santo nos dias de hoje e sobretudo, o amor transmitido de forma simples e profunda.
A preparação para a festa da beata aconteceu de forma intensa, através de uma novena, a mesma que é rezada no mundo todo, com a mobilização de milhares de jovens. “Tivemos a graça de uma participação intensa dos amigos devotos, que nos enviaram fotos de seus altares e de grupos que rezaram juntos a novena e hoje dia 29, algumas paróquias celebram a festa, com a Santa Missa”, diz.

Testemunhos
Passados 24 anos de sua morte, a luz de Chiara, ilumina milhares de jovens no mundo todo, que a seu exemplo encontram forças para carregar suas cruzes, serem fiéis no cotidiano e perseverarem no Evangelho.

Conheça o testemunho de alguns deles espalhados por todo o Brasil.

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Seminário

O movimento Sentinelas promoverá o “Seminário de Ideologia de Gênero” no auditório da Paróquia Imaculada Conceição, no Recreio dos Bandeirantes, dia 31 de outubro, das 8h30 às 17h, na Rua Humberto Cozzo, 41.
O objetivo é conscientizar as pessoas acerca do tema, e terá como palestrantes o bispo auxiliar do Rio, Dom Antonio Augusto Dias Duarte, o médico psiquiatra Italo Marsili, entre outros.
A inscrição no valor de R$ 15,00 poderá ser realizada por e-mail: movimentosentinelas@gmail.com, e deverá contar nome completo, telefone, paróquia de origem, e-mail e data de nascimento. O pagamento poderá ser feito no local.
Informações pelo telefone 2497-9050.

Link da foto: http://www.tardecommaria.com.br/wp-content/uploads/2015/09/Dom_Antonio_e_membros_do_Movimento_Sentinela_28092015112447.png

Fonte: Jornal Testemunho de Fé, pág. 6

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Encontro Vocacional do Vicariato Oeste

Neste último domingo, 18/10, às 13h, no Centro de Convivência Padre Miguel, foi realizado o Encontro Vocacional da Iniciação Cristã de Jovens e Adultos do Vicariato Oeste. Participaram cerca de 1000 jovens e adultos que se preparam para receber os sacramentos da iniciação cristã.
Inspirados pelo tema: “Seduziste-me Senhor”, os participantes tiveram uma tarde de unidade e bênção sob a intercessão da equipe da Renovação Carismática Católica e receberam, também, orientações dos vocacionados, religiosos e da Pastoral Familiar, além de muito louvor, oração, testemunho, adoração e missa, workshops vocacionais e confissões com vários sacerdotes que lá estiveram acolhendo a todos,
Tivemos as ilustres presenças do Locutor Vinicius Lima da Rádio Catedral, testemunho de Rafael Lima, da banda Shekinah, DJ Allan Farias e também do Vereador Marcelino D' Almeida.  
A Santa Missa foi celebrada pelo Bispo Animador do Vicariato Oeste D. Paulo César e concelebrada pelo Vigário Episcopal Pe. Felipe Lima, o Assessor da Iniciação Cristã Pe. William Bernardo e do Côn. José Roberto.
A comissão Vicarial desde já agradece a todos que oraram, doaram, ajudaram e participaram, em especial, aos voluntários.


quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Na busca da revolução do amor e dos valores

Neste ano de 2015, os jovens do Rio de Janeiro celebraram os 30 anos do Dia Nacional da Juventude (DNJ) e trouxeram à sua realidade, neste importante momento histórico do país, a reflexão de sua atuação como cristãos na sociedade.
Inspirados por documentos importantes do Concílio Vaticano II como “Lumen Gentium” (Luz dos povos) e “Gaudium et Spes” (Alegria e esperança), a juventude abraçou o convite de serem jovens ativos, criativos e construtores da sociedade. E participaram com grande alegria e entusiasmo, no dia 18 de outubro, do DNJ 2015 realizado pelo Setor Juventude da Arquidiocese do Rio, na Catedral Metropolitana de São Sebastião.

Transformar o mundo
O arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta, esteve presente no evento e ressaltou a importância do dinamismo juvenil para a transformação da sociedade.
“Este belo momento em nossa Catedral Metropolitana é uma oportunidade de reunir todas as expressões jovens da Igreja no Rio de Janeiro para celebrar o Dia Nacional da Juventude, também comemorado em todo o Brasil todos os anos. Nosso objetivo é incentivar os jovens e recordar que eles são Igreja, e que continuem se sentindo como Igreja, caminhando com o povo de Deus e experimentando as graças do Pai de poder, enquanto Igreja, ajudar esse mundo a ser transformado. Todos nós somos chamados a transformar o mundo, mas os jovens mais ainda, tendo em vista todo o seu dinamismo”, afirmou Dom Orani.

Fermento na massa
Como ocorre tradicionalmente, ao longo do dia houve pregações, oficinas, louvor, adoração ao Santíssimo e apresentação teatral, que trouxeram e trabalharam a temática do Dia Nacional da Juventude – “Juventude e sociedade” – e seu respectivo lema: “Estou no meio de vós como aquele que serve” (Lc 22, 27).
“O DNJ acontece há trinta anos e, para nós, este é o momento de congregar e reunir os jovens católicos que querem viver verdadeiramente por e para Jesus. O tema do Dia Nacional da Juventude deste ano faz uma reflexão do jovem que transforma a sociedade, que é diferente porque está inserido no mundo, na escola, na faculdade e no trabalho, mas compreende que ali e em todos os ambientes ele precisa ser luz das nações e fermento da massa. Logo, esse momento torna-se um dia de conversão, de voltar para o Senhor, de não ter medo de dizer que é católico e cristão, e de se comprometer voltando para casa e para a paróquia com o compromisso de transformar a sociedade e sua comunidade. O DNJ é este dia de celebração e tomada de consciência por parte da juventude cristã católica da nossa Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro”, concluiu padre Jorge Carreira.

Revolução do amor
Todas as comunidades, movimentos e pastorais ligados à juventude participaram de alguma forma do evento, que teve como ápice a Santa Missa presidida pelo bispo auxiliar e animador do Setor Juventude, Dom Antonio Augusto Dias Duarte. A celebração eucarística foi concelebrada pelo assistente eclesiástico do Setor, padre Jorge Carreira e outros sacerdotes da arquidiocese.
“Nós acabamos de ouvir o Evangelho (Mc 10,35-45) e ele nos apresenta Tiago e João, dois irmãos jovens que sabiam o que queriam: sentar um à direita e outro à esquerda de Jesus, quando estivessem em sua glória. Uma das coisas mais tristes é ouvir um jovem dizer: eu quero, mas não posso, não consigo e não sei se vou conseguir um dia na vida. Quando a gente começa a dizer não posso e não consigo, nós começamos a perder a força da juventude, e sem força nós não só deixamos de crescer pessoalmente como também não fazemos o papel que Deus nos confiou, de construir uma sociedade e um futuro melhor. Embora não entendamos muitas coisas da realidade, embora a gente não saiba discernir bem qual é a providência de Deus, esses dois jovens nos ensinaram uma coisa fundamental: que temos que dizer, sempre cheios de confiança e audácia, que podemos, sim, construir um mundo melhor, superar as dificuldades do ambiente e as dificuldades pessoais com o poder da liberdade que Deus nos deu. Uma liberdade que, se nós soubéssemos utilizar, faríamos a maior revolução da história da humanidade, que é a revolução do amor e dos valores”, ressaltou Dom Antonio Augusto.

Fonte: http://arqrio.org/noticias/detalhes/3756/na-busca-da-revolucao-do-amor-e-dos-valores 

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Diocese de Barra do Piraí/Volta Redonda realiza Concílio da Juventude

Cerca de dois mil jovens da Diocese de Barra do Piraí Volta Redonda lotaram o Pavilhão da Ilha São João, Volta Redonda no Concílio de Juventude, nos dias 3 e 4 de outubro, promovido pelo Setor Diocesano de Juventude, com o tema: “Ide sem medo para servir com amor”.
O evento teve um processo de discussões com os jovens em quatro regiões pastorais, Resende, Barra Mansa, Barra do Piraí e Volta Redonda sobre as questões sociais pertinentes a realidade da juventude: Família, Comunidade, Bairro, Sociedade, Comunicação e Educação.
O bispo diocesano Dom Francisco Biasin participou em tempo integral e assessorou em um momento falando sobre “Servir com Amor”, destacando que o serviço faz parte da dimensão evangélica da vida, observando que o jovem como ser social deve avançar o processo de mudança da sociedade.
“O próprio Jesus disse: `Eu vim para servir e não para ser servido”, e veio para dar a vida em resgate de muitos. A juventude é chamada fazer mudanças radicais na vida pessoal e na sociedade. O mundo de hoje não vai bem, com grandes injustiças e falta de esperanças que degradam a pessoa humana. O Papa Francisco chama os jovens de `semeadores de mudança´ para que façam do mundo um lugar mais justo, fraterno e solidário, não com sentimento de revolta, não conformar-se com aquilo que nos apresentam como um pacote pelos meios de comunicação social, não podemos nos conformar com as injustiças deste mundo, conforme disse o apóstolo Paulo, o cristão que se conforma com as injustiças não é cristão”, salientou Dom Francisco.
O Concílio teve a participação do assessor do Setor Juventude do Regional Leste 1, CNBB, padre André que apresentou o tema: “Ide sem medo”, encorajando os jovens a assumirem sua missão sentindo-se chamados a irem impulsionados desenvolvendo um caminho de experiência de amor de Deus.
A Comunidade Bethânia que nasceu a partir da inspiração do padre Léo, como resposta concreta a grande necessidade de combater o problema das drogas, o aumento de soropositivos, o grande número de adolescentes grávidas solteiras abandonadas, o crescente número de menores nas periferias das cidades, teve participação no Concílio.
O assessor do Setor Juventude Diocesano, padre Carlos Alberto Júnior apresentou as perspectivas dos anseios dos jovens que participaram dos pré-concílios nas regiões pastorais, observando a necessidade de manter a unidade na diversidade e a comunhão dos diferentes carismas dos trabalhos com jovens.
A Pastoral da Juventude Diocesana (PJ) fez um memória dos 30 anos do Dia Nacional da Juventude (DNJ), com música, coreografias e dança, pontuando e recordando trajetória histórica diocesana em cada munícipio. 
A banda católica Missão Resgate de Volta Redonda animou o Concílio nos intervalos e preliminares do show com a cantora Olívia Ferreira, do Rio de Janeiro.
O Concílio foi encerrado com Missa presidida por Dom Francisco com a presença de vários padres e diáconos.

Vagner Mattos, assessoria de comunicação da Diocese de Barra do Piraí Volta Redonda

Fonte: http://diocesevr.com.br/noticiasdiocese/diocese-de-barra-do-pirai-volta-redonda-realiza-concilio-de-juventude/

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Olimpíadas Catequéticas

            A catequese de jovens e adultos da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e São João de Deus, em Realengo, deu início às “Olimpíadas Catequéticas” no dia 27 de setembro, com missa de abertura presidida pelo pároco Flávio Vital, que abençoou o evento e os participantes no final da celebração.
            As “Olimpíadas Catequéticas” reuniram 19 catequistas e 53 crismandos em várias atividades esportivas.

Colaboração: Francisco de Assis Freitas

Fonte: Jornal Testemunho de Fé – pág. 10