Manhã de Formação ICJA

Manhã de Formação ICJA

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Retiros de Carnaval

Retiros de Carnaval: um espaço de encontro com Deus

  Durante o Carnaval, muitos cristãos aproveitam esses dias para buscar um tempo para si mesmo e aprofundar sua experiência pessoal com Deus. Na Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, muitas paróquias, movimentos e novas comunidades realizam seus retiros e missões, e oferecem aos fiéis momentos de oração, pregação, louvor e confissão, além de celebrações, shows e apresentações artísticas.
Bom Pastor
  O “Retiro de Carnaval” da Comunidade Bom Pastor, em Copacabana, acontecerá de 26 a 28 de fevereiro, das 9h às 17h30, na Rua Hilário de Gouveia, 36 / 9º andar.
  Com o tema: “Tudo posso naquele que me fortalece (Fil 4,13)”, haverá na programação missa louvor, Liturgia das Horas, pregação e adoração.
  A entrada é franca. Os participantes que desejarem podem almoçar no local por R$ 15. Pede-se que todos levem lanche para partilhar. Mais informações pelo telefone: 2236-5721 ou pelo www.facebook.com/combompastor.
Reviver
  A Comunidade Católica Shalom realizará o retiro de Carnaval “Reviver Rio 2007” no Centro Esportivo Miécimo da Silva (CEMS), em Campo Grande, de 26 a 28 de fevereiro, com início todos os dias às 8h30 e término às 22h, na Rua Olinda Ellis, 470.
  Com o tema: “Alegra-Te”, o retiro entra em sintonia com o Ano Mariano, que comemora os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, no Rio Paraíba do Sul. Na programação, cursos de formação, missa diária, adoração, louvor, seminário de vida no Espírito Santo, apresentação do espetáculo “O Canto das Írias” e da banda baiana Alto Louvor. No dia 26 de fevereiro, a missa será presidida pelo Cardeal Orani João Tempesta, às 17h.
  Durante os três dias do “Reviver”, os participantes podem ser atendidos por sacerdotes para receberem o Sacramento da Reconciliação (confissão), por ministros de oração e aconselhamento, além de conhecer mais sobre o carisma Shalom por meio dos estandes de divulgação do Vocacional, do Projeto Juventude, da Livraria. O espaço Reviver Kids estará aberto para receber as crianças, enquanto os pais participam do retiro. 
  A entrada é franca. Mais detalhes no site www.comshalom.org/rio ou pelos telefones: 98110-7575 e 3253-4831.
Rio de Água Viva
  O retiro espiritual “Rio de Água Viva”, em sua 36ª edição, acontecerá no Centro de Convenções Sul América, de 26 a 28 de fevereiro, das 8h às 18h, na Avenida Paulo de Frontin, 1, no Estácio.
  Com o tema: “Meu espírito exulta de alegria” (Lc. 1, 47), este ano também será comemorado o Jubileu de Ouro da Renovação Carismática Católica (RCC) no mundo, e será o primeiro evento na Arquidiocese do Rio em que será festejada esta data importante para os membros do movimento e de toda a Igreja.
  O retiro conta com uma programação variada com pregações, adoração, missa e shows, e é aberto a todas as idades. Contará com as presenças do arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Orani João Tempesta, dos padres Antonio José, do assistente eclesiástico do RCC, Gleuson Gomes, de Jorge Carreira, de Thiago Sardinha e do diácono Melquisedec Ferreira.
  A entrada é franca, e não é necessário fazer inscrição. No local serão vendidos almoços e lanches. Mais informações: www.facebook.com/RCC-Arquidiocese-do-Rio-de-Janeiro.
Folia dos Anjos
  A missão Folia dos Anjos da Comunidade Católica Do Caos à Glória tem como objetivo apresentar uma nova possibilidade de vida feliz, pelo testemunho de vidas transformadas pelo Cristo glorioso, sendo “manifestação da glória de Deus em meio aos clamores caóticos”.

  Nessa missão, os jovens missionários entram nas festas de rua da cidade como um bloco de anjos cheios de alegria, ousadia e santidade. Acompanhados de uma bateria que garante a folia, os “anjos”, além de passar pelos foliões distribuindo bênçãos, fazem o anúncio pessoal do Evangelho. Também convidam as pessoas a orarem, ali mesmo onde estão, e a participarem da Igreja, como lugar da felicidade verdadeira. Mais informações:https://www.facebook.com/agencianovosatos.  
Fonte: http://arqrio.org/noticias/detalhes/5461/retiros-de-carnaval-um-espaco-de-encontro-com-deus

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Subsídio da Jornada Diocesana da Juventude 2017 já está disponível para download

O tema será: “O Todo-poderoso realizou grandes coisas em meu favor”

A Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude preparou um subsídio para que os jovens se preparem para a Jornada Diocesana da Juventude 2017. O material oferece contribuições para que dioceses e comunidades eclesiais possam dar continuidade ao espírito da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), promovendo o aprofundamento do tema da JMJ de 2017 “O Todo-poderoso realizou grandes coisas em meu favor”. O documento oferece reflexões e propostas de atuação na evangelização da juventude, em clima de unidade e em sintonia com o tema da Campanha da Fraternidade.
A ideia é estimular as dioceses a promoverem a vida da juventude, conduzindo os jovens a uma real experiência de fé e estimulando-os a irem ao encontro daqueles jovens que estão com o coração ferido.
A data tradicional da celebração da JDJ é o domingo de Ramos. Nela, os jovens são convidados a acolher Jesus e sua mensagem, assim como o povo de Jerusalém o acolheu com ramos em mãos, montado em um jumentinho. O ideal é que seja realizada neste dia, desde que não fira a participação dos jovens na celebração da Semana Santa em suas comunidades.
O material está disponível para download no site Jovens Conectados.
A nova identidade visual da Jornada Diocesana da Juventude (JDJ) e do Dia Nacional da Juventude (DNJ) foram lançadas em dezembro de 2016. A ideia é busca unir os jovens de todo o Brasil para caminhar e sonhar juntos, como pede o papa Francisco: “A paralisia faz-nos perder o gosto de desfrutar do encontro, da amizade, o gosto de sonhar juntos, de caminhar com os outros”. 
Agora, a JDJ e o DNJ terão uma única identidade visual – no logo – em todas as Dioceses e paróquias brasileiras. No entanto, cada Setor Diocesano da Juventude e grupos jovens poderão criar o cartaz com a identidade dos seus jovens, das suas características regionais.
Clique aqui e faça download da identidade visual da JDJ para usar na sua comunidade, paróquia ou expressão juvenil.

Fonte: http://www.cnbb.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=20316:subsidio-da-jornada-diocesana-da-juventude-2017-ja-esta-disponivel-para-download&catid=114:noticias&Itemid=106

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Carnaval também é tempo de retiros

  O Brasil inteiro já respira ares de carnaval enquanto a semana de folia se aproxima cada vez mais.
  Na cidade do Rio de Janeiro muitas pessoas, em vez de aproveitar os dias de carnaval vendo os desfiles das escolas de samba ou participando de blocos de rua, vão passar esse período em retiro.
  O arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta, falou sobre essa escolha de muitos jovens e também do respeito da Liga das escolas de samba à iconografia cristã. E lembrou que a Quarta-feira de cinzas marca o início de um importante período para os católicos.
 Fonte: http://br.radiovaticana.va/news/2017/02/13/carnaval_no_rio_tamb%C3%A9m_%C3%A9_tempo_de_retiro_para_os_jovens/1292124

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Romaria Nacional da Juventude em Aparecida

Romaria da Juventude - JS



Romaria Nacional da Juventude já tem data marcada. Jovens de todo o Brasil caminham para serem acolhidos dias 29 e 30 de abril pela Mãe Aparecida. Trazendo como tema ‘Maria e a Doutrina Social da Igreja’, a romaria promete ser uma experiência transformadora na vida dos jovens de todo o Brasil.
A programação da Romaria Nacional da Juventude 2017 contará com tendas de formação das expressões juvenis que engloba movimentos, novas comunidades, congregações, Pastorais da Juventude (PJs).
Nas tendas, os jovens terão oportunidade de participar de catequeses com os Bispos e de momentos de animação, terço, apresentações teatrais, música, dança e outras atividades. Haverá ainda shows com artistas católicos, vigília e encerramento com Santa Missa de envio.
Além disso, haverá uma ‘Tenda Especial’, que celebrará os 10 anos dos documentos de Aparecida, Lectionautas e o Documento 85.
As inscrições estarão abertas a partir do dia 17 de fevereiro no  site www.jovensconectados.com.br 

Confira a programação:

Dia 29 de abril 
08h00 às 17h00 – Tendas de formação das expressões juvenis
20h30 – Show com artistas católicos
22h00 às 23h30 – Vigília

Dia 30 de abril 
06h30 – Concentração dos jovens no Palco Central
07h00 – Romaria (em torno do Santuário)
08h30 – Santa Missa de envio


Fonte: http://www.a12.com/jovens-de-maria/noticias/detalhes/romaria-da-juventude-reunira-diversas-expressoes-no-santuario


Próximo Sínodo dos Bispos, em 2018, quer sublinhar centralidade do discernimento

Foto: Lusa

O Papa defendeu, em entrevista, que a Igreja Católica tem de ouvir a juventude, tarefa essencial na preparação para o Sínodo de 2018, sobre o tema ‘Os jovens, a fé e o discernimento vocacional’.


“Isto é importante, não só formar os jovens para escuta mas, sobretudo, escutá-los, aos próprios jovens. Isto é uma primeira missão, importantíssima, da Igreja: a escuta dos jovens”, assinalou durante uma conversa com mais de 140 responsáveis mundiais de Institutos Religiosos católicos.
O encontro decorreu em novembro de 2016, à porta fechada, e o conteúdo da intervenção do Papa, que respondeu a várias perguntas dos presentes, é divulgado hoje pela revista italiana dos jesuítas, ‘La Civiltà Cattolica’, numa edição especial enviada à Agência ECCLESIA.
Francisco sustenta que o “ponto-chave” do próximo Sínodo dos Bispos quer ser o “discernimento”, que deve ser dinâmico, como a vida.
“As coisas estáticas não dão, sobretudo com os jovens. Quando era jovem, a moda era fazer reuniões, hoje as coisas estáticas como as reuniões não funcionam bem”, assinala.
O Papa convida a trabalhar com os jovens no terreno, através de “missões populares, trabalho social, ir toda as semanas distribuir alimentos aos sem-abrigo”.
A conversa com os superiores gerais das ordens e congregações masculinas foi completamente improvisada, com Francisco a dizer que não temia críticas nem questões difíceis.
“As perguntas mais difíceis, no entanto, não as fazem os religiosos, mas os jovens. Os jovens colocam-te em dificuldade, eles sim. Os almoços com os jovens nas Jornadas Mundiais da Juventude ou noutras ocasiões, estas situações colocam-me dificuldades, porque eles são sinceros e perguntam as coisas mais difíceis”, confessou.
O Papa falou das dificuldades na formação de novos sacerdotes e na chamada pastoral vocacional, que “não responde às expectativas dos jovens”.
Francisco alertou que neste campo não se deve funcionar com a “lógica do sucesso humano” ou do “triunfalismo”, pelo que pediu cautela perante o “florescimento repentino e massivo” de alguns novos institutos.
A conversa abordou ainda o papel da Virgem Maria na vida católica, sublinhando que “a verdadeira Nossa Senhora é aquela que gera Jesus” no coração de cada crente, que é mãe, e não uma “superstar, uma protagonista que se põe a si mesma no centro”.
Fonte: http://www.agencia.ecclesia.pt/noticias/vaticano/vaticano-igreja-tem-de-escutar-os-jovens-papa-francisco/

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Dia Mundial do Doente na Arquidiocese

A Arquidiocese do Rio terá missas em todos os vicariatos por ocasião da Jornada Mundial do Doente, no dia 11 de fevereiro. A data foi instituída por São João Paulo II em 1993, em Lourdes, na França, uma vez que Nossa Senhora de Lourdes é a padroeira dos enfermos. O tema deste ano será “Admiração pelo que Deus faz: ‘o Todo-Poderoso fez em mim maravilhas’” (Lc 1, 49).
A celebração da data tem como objetivo voltar o olhar da sociedade para questões relativas ao trato humanizado dos doentes, estejam eles nos hospitais, postos de saúde ou em casa. É nesse dia também que as pastorais, a partir das orientações da Igreja, elegem temas que nortearão as discussões e trabalhos dos núcleos paroquiais da Pastoral da Saúde.
“Por ocasião da Jornada Mundial do Doente, podemos encontrar novo impulso a fim de contribuir para a difusão de uma cultura respeitadora da vida, da saúde e do meio ambiente. Encontrar um renovado impulso a fim de lutar pelo respeito da integridade e dignidade das pessoas, inclusive mediante uma abordagem correta das questões bioéticas, a tutela dos mais fracos e o cuidado em relação ao meio ambiente”, ressaltou o Papa Francisco em sua mensagem para o Dia Mundial do Doente deste ano.
Segundo o coordenador arquidiocesano da Pastoral da Saúde, padre Paulo Celso Dias Nascimento, o objetivo da pastoral ao organizar essas celebrações nos vicariatos é, além de interceder pelos enfermos e reforçar a fé, incentivar os demais fiéis a conhecerem um pouco mais do trabalho realizado.
“Convidamos todos a participarem das celebrações, a nos visitarem, a, quem sabe, ajudarem no trabalho realizado pela Pastoral da Saúde. É um trabalho solidário em vários hospitais e paróquias, através do qual as pessoas recebem o conforto espiritual da nossa presença samaritana. Precisamos agradecer a Deus por tantos voluntários que fazem esse trabalho tão bonito, com esforço e sacrifício, ao sair de suas casas para ir ao encontro dos irmãos que sofrem”, afirmou o sacerdote.
Pastoral da Saúde
Dentre outras atividades, a Pastoral da Saúde realiza visitas aos doentes, seja em suas casas ou nos hospitais; faz a assistência social (em conjunto com as demais pastorais paroquiais) das famílias e dos próprios enfermos; campanhas de saúde; vive a espiritualidade camiliana – aquela inspirada na vida e ensinamentos de São Camilo de Lellis, que servia a Cristo na pessoa do doente –; promove confraternizações pascais e natalinos com os doentes; e faz a distribuição de fraldas geriátricas e materiais de higiene aos doentes.
Segundo o coordenador, o trabalho da pastoral é muito bonito e estruturado. Além disso, os agentes são muito empenhados em desenvolvê-lo da melhor maneira possível. Sobre a mensagem do Papa para o Dia Mundial do Doente, padre Paulo Celso disse que é, como sempre, muito atual.
“Assim como o Papa Francisco, Dom Orani também sempre prioriza muito a visita aos hospitais. E o incentivo dele, conforme pudemos ver inclusive recentemente na Trezena de São Sebastião, é muito importante para nós”, destacou o sacerdote.
Para ele, a atuação na Pastoral da Saúde requer maturidade na fé. E os profissionais da saúde precisam estar motivados, principalmente em momentos de crise financeira, que abalam o funcionalismo público, como o que o Rio vive atualmente.
“A maturidade na fé nos ajuda a sermos solidários para com esses profissionais e valorizarmos o trabalho que realizam”, explicou padre Paulo Celso.
Ângela Maria Pires Lages, do Santuário São Judas Tadeu, no Cosme Velho, contou que a pastoral do Vicariato Sul realiza com frequência uma Feira da Saúde. A próxima será no dia 5 de agosto na Igreja Nossa Senhora da Glória, no Largo do Machado.
“Na feira terá atendimento clínico, oftalmológico, fisioterapia, pediatria e otorrinolaringologia, além de cortes de cabelo. Também temos no vicariato curso de formação para os agentes. É muito gratificante esse trabalho, muito mais para nós do que para o próprio doente: estar junto deles falando de Deus é muito emocionante”, afirmou.
Djair Borges, da Paróquia Divino Espírito Santo e São João Batista, no Maracanã, concorda: “Quando vamos visitar os doentes, levar a Palavra de Deus, sentimos um conforto espiritual muito, muito grande. Vamos com o objetivo de dar, mas acabamos recebendo muito mais. É muito gratificante”, afirmou.
Na Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Campo Grande, a pastoral atua no âmbito político-institucional, opinando nos conselhos de hospitais e no Conselho Nacional de Saúde.
O paroquiano Guilherme Lopes, analista de sistemas que atua na pastoral do local há alguns anos, contou que se “identificou com a missão, principalmente por poder exercer a solidariedade e a caridade”.
Fonte: ArqRio

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Mensagem do papa para o Dia Mundial do Migrante

"Queridos irmãos e irmãs!
  «Quem receber um destes meninos em meu nome é a Mim que recebe; e quem Me receber, não Me recebe a Mim, mas Àquele que Me enviou» (Mc 9, 37; cf. Mt 18, 5; Lc 9, 48; Jo 13, 20). Com estas palavras, os evangelistas recordam à comunidade cristã um ensinamento de Jesus que é entusiasmador, mas, ao mesmo tempo, muito empenhativo. De fato, estas palavras traçam o caminho seguro que na dinâmica do acolhimento, partindo dos mais pequeninos e passando pelo Salvador, conduz até Deus. Assim o acolhimento é, precisamente, condição necessária para se concretizar este itinerário: Deus fez-Se um de nós, em Jesus fez-Se menino e a abertura a Deus na fé, que alimenta a esperança, manifesta-se na proximidade amorosa aos mais pequeninos e mais frágeis. Caridade, fé e esperança: estão todas presentes nas obras de misericórdia, tanto espirituais como corporais, que redescobrimos durante o recente Jubileu Extraordinário."
Fonte: Site da CNBB

Editora CNBB lança versão em Português do Texto Preparatório para o Sínodo dois Jovens


  A editora da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, a Edições CNBB, lançou a versão impressa e em português do Brasil do documento preparatório para a XV Assembleia Geral Ordinário do Sínodo dos Bispos, que terá como tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”.


Leia mais em http://www.cnbb.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=20185:edicoes-cnbb-disponibiliza-texto-preparatorio-para-o-sinodo-dos-jovens&catid=114&Itemid=106


Fonte: Site da CNBB

As inscrições para os concursos do hino e logo da JMJ 2019 termina no dia 17 de fevereiro.

Leia mais no link: http://noticias.cancaonova.com/mundo/comite-lanca-concurso-para-eleger-o-hino-e-logo-da-jmj-2019/

Fonte: Site da Canção Nova