Faça parte você também!

Faça parte você também!

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Arquidiocese do Rio celebra 28º DNJ

Os jovens da Arquidiocese do Rio de Janeiro reuniram-se, no domingo, dia 3 de novembro, na Catedral de São Sebastião do Rio de Janeiro, para celebrar o 28º Dia Nacional da Juventude (DNJ). O encontro teve início às 9h e a Santa Missa foi celebrada às 10h, pelo arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta. Dom Luiz Henrique da Silva Brito e Dom Roque Costa, bispos auxiliares, concelebraram. O encontro teve como tema “Juventude e missão” e lema "Jovem, levante-se, seja fermento".
O Coral Carioca, que cantou para o Papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude, animou a Santa Missa. Na homilia, Dom Orani ressaltou a importância dos jovens continuarem em missão, evangelizando, como foi proposto durante a JMJ Rio2013, acontecida em julho.
“Aquele que se encontra e é discípulo de Jesus, não tem como viver, se não como missionário. Esse foi o tema da Jornada, ‘Ide e fazei discípulos entre todas as nações’, é o tema que recebemos no mês de outubro e tema do DNJ, ‘Juventude e missão’. E sabemos que ser missionários não é apenas colocar e tirar algo, como se fosse uma roupa: é o próprio sangue, que circula em nossas veias, e nos faz sermos missionários sempre, a cada instante, em cada momento. E é isso que hoje a Igreja aqui do Rio de Janeiro confia a vocês, caríssimos jovens”, incentivou o arcebispo.

As bandas Torre de Davi, da Basílica Nossa Senhora de Lurdes, em Vila Isabel, e o cantor Bruno Camuratti, animaram o encontro durante a manhã. Em seguida houve pregação com o Diogo Rocha, da Comunidade Católica Shalom.
A adoração do Santíssimo Sacramento foi conduzida por Dom Pedro Cunha, bispo auxiliar da Arquidiocese do Rio, e Olívia Ferreira entoou os cânticos.
O grupo de teatro Sonho de Deus, da comunidade Aliança de Misericórdia, apresentou uma peça teatral sobre a juventude e a banda Frutos de Medjugorje encerrou as atividades, com muita animação.

Juventude e missão
Paralelamente às atividades principais, aconteceu a Feira Missionária, na qual os movimentos e comunidades católicos expuseram seu trabalho aos jovens. Canção Nova, Shalom, Pequeno Rebanho, a Pastoral da Juventude e o Movimento Vida Cristã participaram da feira.
“Os movimentos estão colocando seu trabalho missionário a serviço dos jovens. E nessa feira, eles estão expondo o que o seu movimento tem de missão. Para que os outros jovens possam conhecer essas outras realidades e o que eles têm de serviço para que os jovens também possam, caso queiram, engajarem-se nessa missão”, explicou Juliana Fernandes, coordenadora diocesana da Pastoral da Juventude há três anos.
Além da Feira Vocacional, sacerdotes estiveram à disposição para a confissão dos jovens e a comunidade Shalom promoveu um aconselhamento, durante todo o tempo do evento.
Para Lenisa Cardoso, de 19 anos, o aconselhamento foi uma boa oportunidade de se orientar e conhecer o trabalho da comunidade.
“Eu conhecia o Shalom e agora pude saber mais sobre o trabalho deles, do grupo jovem que eles têm dentro da comunidade. Recebi o convite para participar, e fui muito bem acolhida. O conselho que recebi foi perfeito. Eu gostei muito”, contou.
Fonte: arqrio.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário